Notícias

O pregão desta segunda-feira (27) abriu com um volume regular de aproximadamente 23.360 sacas de feijão carioca.


 

O pregão desta segunda-feira (27) abriu com um volume regular de aproximadamente 23.360 sacas de feijão carioca.  Os corretores permanecem firmes na pedida de preços, e a exemplo da semana passada os compradores encontram dificuldade para negociar, sobretudo lançando a famosa contra proposta.

 

As ofertas mais procuradas foram os padrões (7,5-8 / 8-8), que inclusive tiveram o valor alterado em R$ 5,00/sc. Vale ressaltar que a boa presença de compradores estimulou essa rigidez nas cotações.

 

Para o pós pregão restam às sobras de 13.740 sacas de feijão carioca. Esse volume, considerado baixo para o início da semana sinaliza que, provavelmente, os compradores que deixaram para negociar ao longo do dia, terão a mesma dificuldade enfrentada na madrugada de hoje. Além disso, ainda existe o risco de novos reajustes.

 

De modo geral, podemos concluir que o pregão encerrou com preços firmes e algumas ofertas passando por pequenas alterações nos valores iniciais. 

 

Entre as ofertas, a maior parte é proveniente da região Sul do país, com algum percentual do estado de Minas Gerais. 

 

Feijão Preto

 

Mesmo com baixo volume de ofertas no pregão, os compradores não demonstraram preocupação. Isso deixa mais claro que o setor não sofre com a ameaça da falta de ofertas. Porém, ficar totalmente vazio desta variedade não é algo estratégico para as vendas, ainda mais quando sabemos que esta variedade costuma causar surpresas nas cotações. 

 

Rose Almeida

Negócios & Mercado


Notícias relacionadas

Municípios de SC afetados pela estiagem vão receber repasse

ALERTA DE TEMPORAIS NO RIO GRANDE DO SUL

Safra de feijão está praticamente plantada no Paraná

Nutrição de alta tecnologia minimiza estresse e garante alta produtividade no feijão

Produção brasileira de grãos deve chegar a 268,3m/t

Calor persiste no Sudeste nos próximos dias

Paraná deve produzir 24 milhões de toneladas na safra de Verão

Mais chuva no Sul

Com câmbio em alta, mercado de defensivos deve recuar 11% em 2020, diz Sindiveg

Área coberta com seguro rural já supera 10 milhões de hectares

Área coberta com seguro rural já supera 10 milhões de hectares

Conab lança nesta terça-feira ferramenta de acompanhamento do plantio e coleta de grãos

Conab lança nesta terça-feira ferramenta de acompanhamento do plantio e coleta de grãos

Epamig produz semente genética do feijão 'ouro vermelho' em Leopoldina

Pregão desta quarta (19) transcorre com poucas vendas, mas corretores continuam firmes e com preços em alta.

Pós pregão encerra mercado em calmaria e com perspectiva de surpresas para a próxima semana

O mercado segue paralisado e sem interesse por parte dos compradores em novas aquisições, tendo em vista que para este momento o abastecimento já foi realizado ao longo da semana.

Mercado de feijão carioca, abre em queda nesta quarta-feira, dia 05, na Zona Cerealista.

Pregão desta terça (04) registra calmaria nas vendas e compradores dando preferência ao feijão comercial

Pregão desta terça (04) registra calmaria nas vendas e compradores dando preferência ao feijão comercial