Notícias

O pós pregão de hoje manteve a calmaria registrada logo cedo. Mesmo assim ainda foi possível acompanhamos alguns poucos negócios.

 O pregão desta quinta (22), operou com aproximadamente 7.640 sacas do feijão carioca. As vendas foram tímidas, resultando numa sobra de 7.190 sacas. Vale ressaltar que essa calmaria se deu em maior parte pela ausência dos compradores de fora.

Feijão Preto - A variação no preço, associada à baixa procura, deixou os corretores desesperados nas vendas, pois uma variação negativa de até R$ 15,00/sc, já provocou um frenesi entre os setores.

 O pregão desta quinta-feira, 15, operou literalmente com novos embarques. O dia anterior foi bem favorável às vendas, e nesta manhã se fez necessário a presença de novos lotes. O volume ficou em algo aproximado de 12 mil sacas do feijão carioca.

O pós pregão desta quarta conseguiu escoar toda a sobra existente das ofertas com valores oscilando entre R$ 80,00 e R$ 113,00/sc. Já as ofertas de melhor padrão, a resistência dos corretores provocou uma pequena sobra dos grãos (9), comercializados

As ofertas do feijão comercial tiveram escoamento, e mais uma vez aqueles compradores que não fecharam negócios durante o pregão, recolheram suas amostras e provavelmente tentarão concretizar algo ao longo deste dia.

Com os preços seguindo a variável entre R$ 70,00 e R$ 105,00/sc, além das ofertas descentralizadas, a situação nas lavouras continua tão competitiva quanto nos grandes centros urbanos

No estado do Paraná a primeira safra de feijão carioca e preto já está com 100% colhido, segundo informações do DERAL ? Departamento de Economia Rural.

Goiás deverá colher 21,6 milhões de toneladas de grãos

Safra de verão pode chegar a 30,2 milhões de toneladas no RS

Quase cinco mil produtores rurais serão capacitados gratuitamente pelo Senar/SC

Lavoura de feijão aumenta em 12,8% sua produtividade com o uso de fertilizante biológico

O pregão desta segunda-feira, 05, abriu a semana disponibilizando um volume de aproximadamente 15 mil sacas de feijão carioca. Vale detalhar que a presença dos compradores foi boa, porém até o fechamento deste boletim pudemos registrar que houve uma

Assim como na soja, Goiás terá norma que limita calendário de plantio de feijão

O pregão desta sexta-feira, 02, registrou um movimento quase inexistente de corretores e compradores. Além disso, apenas 2.320 sacas foram ofertadas.

Ausência de chuvas regulares preocupa produtores de SP

O pregão desta quinta-feira, 01, operou com a oferta mínima de 8.840 sacas de feijão carioca. Devido ao abastecimento dos compradores até dia de ontem, a tendência seria que hoje o mercado abrisse em calmaria. E foi o que aconteceu.

Faeg solicita alteração do calendário de plantio do feijão em Goiás

Feijão pode ser alternativa à soja na rotação

Queda no volume de fertilizantes entregues no país