Notícias

Nesta quinta-feira (27), o mercado de feijão carioca voltou a operar com estabilidade nos preços.


 

Comentário do pregão desta quinta-feira, dia 27

 

As operações do pregão desta quinta-feira (27) ocorreram com apenas 8.350 sacas de feijão carioca.  A presença dos compradores foi satisfatória, contudo as tentativas de conseguirem melhores preços e prazos curtos acabaram não surtindo efeito, e portanto, as vendas foram bem abaixo do esperado.

 

É importante destacar que o feijão extra (9,5) vem sobrando desde o início da semana, uma vez que os corretores permanecem firmes no valor de R$ 175,00/sc, com acréscimo das despesas.

 

Assim sendo, os compradores se voltaram para as mercadorias de padrão mais próximo, se abastecendo do feijão com grão (9-9), ao preço final de R$ 165,00/sc, com pagamento à vista. As demais ofertas ficaram por resistência dos corretores que insistem na pedida de R$ 170,00/sc.    

 

A sobra que circulará no pós pregão é de aproximadamente 4.750 sacas,  quantidade suficiente para não ameaçar mercado em relação aos preços, já que estamos chegando ao final de mais uma semana. 

 

No geral, as vendas não foram favoráveis e o mercado voltou a estabilizar os preços. 

 

Feijão Preto

 

O mercado segue em calmaria e com poucos negócios realizados no pregão. Vale salientar, que o setor de compras sabe bem como se abastecer caso haja necessidade.

 

Um detalhe importante é que para este tipo de feijão existe a penetração de corretores de outras cidades, como o estado do Paraná por exemplo. Os preços encerraram em R$ 145,00 e R$ 155,00/sc,  dependendo do padrão. 

 

ROSE ALMEIDA

NEGÓCIOS & MERCADO


Notícias relacionadas

Nova estimativa da safra de grãos aponta aumento de 1,9%

A calmaria do mercado deu uma pequena reviravolta e já mostra um setor de vendas mais flexível para negociar.

Produção de 246 milhões de toneladas garante o recorde da safra de grãos

Conab prevê novo recorde para safra brasileira de grãos

Começa a colheita de feijão carioca no Sudoeste Paulista

*SAFRA DAS ÁGUAS PARANÁ 2019/2020*

Oeste da Bahia vai ganhar o 1° polo de irrigação do NE

AgroNordeste vai ajudar a reduzir as diferenças regionais

Oeste da Bahia vai ganhar o 1° polo de irrigação do NE

Safra das Águas - Sudoeste Paulista

O mercado foi firme até o fechamento do pregão de hoje. Mas neste momento segue susceptível de variação de acordo com a lei da oferta/demanda.

Produção de feijão vai crescer 487% na Bahia

O pós pregão de hoje, dia 09, não deu continuidade às vendas de forma satisfatória, pelo menos para o setor de vendas.

A semana encerra com ofertas reduzidas, preços estáveis e com poucas vendas realizadas, na zona cerealista

O último levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) indicou que ocorrerá um significativo aumento das ofertas do feijão carioca e outros, a partir de setembro.

Em julho, IBGE prevê alta de 5,8% na safra de 2019

Em julho, IBGE prevê alta de 5,8% na safra de 2019

Inoculantes trazem novas perspectivas para a cultura do feijão

Feijão: Produtores estão convictos com possível valorização

Brasil deve plantar mais soja e menos milho, arroz, feijão e algodão