Notícias

Conab lança nesta terça-feira ferramenta de acompanhamento do plantio e coleta de grãos

A nova forma de acompanhamento vai balizar o andamento da safra no país, permitindo que o setor tenha dados atualizados para tomar decisões sobre as culturas com mais agilidade


O ?Progresso da Safra? e os demais avanços no sistema de levantamento de dados da agropecuária brasileira serão apresentados na abertura da Safra 2020/21 de grãos na Região Sul, que ocorre em Porto Alegre.

A nova ferramenta da Conab vai balizar o andamento da safra no país, permitindo que o setor tenha dados atualizados para tomar decisões sobre as culturas com mais agilidade. ?Neste momento, serão divulgadas informações sobre soja, milho e arroz por estado, abrangendo as principais unidades produtoras desses grãos. Também serão disponibilizados no site da Conab dados de feijão, trigo e algodão, de acordo com o plantio destas culturas?, afirmou a companhia em nota oficial.

A apresentação será realizada em reunião interna da empresa com as presenças do diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, Sergio De Zen, do superintendente de Informação do Agronegócio, Cleverton Santana, dos superintendentes regionais do Paraná, Erli de Pádua Ribeiro, do Rio Grande do Sul, Carlos Roberto Bestetti, e do representante de Santa Catarina, Ricardo Cunha de Oliveira. O encontro acontece na sede da Conab em Porto Alegre.

Representantes de entidades do setor agropecuário e de órgãos públicos foram convidados para o evento, no qual serão entregues tablets para utilização durante o levantamento de dados, que permitem o registro das informações de campo diretamente, com envio simultâneo para as bases da Companhia. ?O objetivo é aperfeiçoar a coleta de informações agropecuárias para oferecer estimativas e análises ainda mais precisas ao setor, o que inclui, também, o monitoramento de produtos da pecuária?. 


Fonte:  Conab

Crédito da imagem:  Conab


Notícias relacionadas

Paraná deve produzir 24 milhões de toneladas na safra de Verão

Mais chuva no Sul

Com câmbio em alta, mercado de defensivos deve recuar 11% em 2020, diz Sindiveg

Área coberta com seguro rural já supera 10 milhões de hectares

Área coberta com seguro rural já supera 10 milhões de hectares

Conab lança nesta terça-feira ferramenta de acompanhamento do plantio e coleta de grãos

Epamig produz semente genética do feijão 'ouro vermelho' em Leopoldina

Pregão desta quarta (19) transcorre com poucas vendas, mas corretores continuam firmes e com preços em alta.

Pós pregão encerra mercado em calmaria e com perspectiva de surpresas para a próxima semana

O mercado segue paralisado e sem interesse por parte dos compradores em novas aquisições, tendo em vista que para este momento o abastecimento já foi realizado ao longo da semana.

Mercado de feijão carioca, abre em queda nesta quarta-feira, dia 05, na Zona Cerealista.

Pregão desta terça (04) registra calmaria nas vendas e compradores dando preferência ao feijão comercial

Pregão desta terça (04) registra calmaria nas vendas e compradores dando preferência ao feijão comercial

Neste momento as ofertas que circulam na zona cerealista são apenas para embarque, com exceção das mercadorias do feijão extra, que somam aproximadamente 3 mil sacas.

Ao longo do pós pregão de hoje, dia 26, observamos que os preços permaneceram firmes e os corretores em nada flexíveis no tocante às negociações. As vendas ocorreram, porém em pequena escala.

Durante o pós-pregão de hoje, dia 22, o mercado operou com boa movimentação de vendas pela modalidade de embarque. O maior volume comercializado foi do feijão carioca de padrão comercial (8,5).

Após dias de um longo feriado o pregão desta quarta-feira (21) abriu com preços em alta, ofertas reduzidas e com um mercado completamente recuado.

Primeira safra do Feijão carioca ? Minas Gerais e Goiás

Mercado abre semana com preços em alta e vendas tímidas, porém com tendência de melhorar a movimentação

Nem sempre a sexta-feira é sinônimo de término de vendas. E nessa perspectiva observamos que o pós pregão de hoje foi bem atípico.