Notícias

Chuvas no Sul e Norte, mas não em outras regiões; confira o clima de 2ª e 3ª

Uma área de baixa pressão provoca chuvas no Sul, Campanha e fronteira oeste do RS; a combinação de calor e umidade também causa pancadas de chuva em RO, AC, AM, RR, AP e PA


Segunda-feira, 23

Sul

Uma área de baixa pressão atmosférica provoca chuvas sobre o Sul, Campanha e fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Nas demais áreas, o céu fica nublado, mas não chove. Tempo seco e quente no Paraná e Santa Catarina, de acordo com a Somar Meteorologia.


Sudeste

Uma massa de ar seco e quente atua sobre o Sudeste na segunda-feira, inibindo a formação de nuvens carregadas e garantindo mais um dia de sol e tempo seco. No centro-oeste paulista, a nebulosidade aumenta, mas não chove.

Centro-Oeste

A nebulosidade aumenta no Mato Grosso do Sul e sul de Goiás, mas não há previsão de chuva. O tempo firme segue predominando, e as temperaturas continuam elevadas. A chuva retorna à região somente em meados do dia 25 de agosto.

Nordeste

Há previsão de chuva passageira entre o Rio Grande do Norte e o litoral da Bahia, e no norte do Maranhão. Nas demais áreas, predomina um tempo seco e quente.

Norte

A combinação de calor e umidade favorece a formação de nuvens carregadas e pancadas de chuva entre o norte de Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Amapá e norte do Pará. Nas demais áreas da região, o tempo seco predomina.

Terça-feira, 24

Sul

Uma massa de ar quente e seco ganha força ao longo da semana entre o Paraná e interior de Santa Catarina e a chuva persiste em parte do Rio Grande do Sul. Na terça, uma área de baixa pressão atmosférica no Paraguai provoca chuva entre o sudoeste do PR, centro-oeste de SC e todo o RS. Há risco de temporais isolados, especialmente em áreas de fronteira entre o RS e Uruguai, e temperaturas em declínio nas áreas de tempo instável. Na faixa leste de SC e demais áreas do PR, o calor segue intenso e não chove.

Sudeste

Uma onda de calor deve atingir a região nesta terça. As temperaturas ficarão, facilmente, acima dos 35°C no interior de São Paulo, em grande parte de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Não há previsão de chuva.

Centro-Oeste

Volta a chover de forma isolada no sul do Mato Grosso do Sul, por conta de uma área de baixa pressão atmosférica na altura do Paraguai. Nas demais áreas, o tempo seco e quente deve predominar. A partir de quarta (25), a chuva avança para o sul e oeste de MS e oeste de MT, além de ganhar força ao longo da semana no resto da região.

Nordeste

A chuva se concentra na faixa leste da região; o ar continua muito seco e uma nova onda de calor atinge o interior. A circulação marítima traz chuva fraca e passageira no final do dia entre o litoral do Rio Grande do Norte e Bahia, e também no norte do Maranhão. As demais áreas nordestinas seguem com o tempo seco e quente.

Norte

O calor ganha força entre o Acre, Rondônia e Tocantins. Pancadas de chuva com trovoadas devem atingir a região ao longo do dia entre AC, RO, Amazonas e Roraima. Na região norte do Pará e Amapá, a chuva também acontece no período da tarde, mas nas demais áreas nortistas o tempo seco tende a predominar.


Fonte:   Canal Rural 

Crédito da imagem:  Canal Rural


Notícias relacionadas

Brasil ganha cultivares inéditas de feijão

Brasil ganha cultivares inéditas de feijão

Estudo inédito avaliou feijão em Mato Grosso

Estudo inédito avaliou feijão em Mato Grosso

Produção brasileira de grãos pode chegar a 289,8 milhões de t, diz Conab

Zona de Convergência provoca chuvas nesta terça-feira; confira previsão

Zona de Convergência provoca chuvas nesta terça-feira; confira previsão

La Niña leva geada ao Sul em pleno novembro; invernada atinge 4 estados na semana que vem

Massa de ar seco e frio mantém o tempo firme na região Sul

Massa de ar seco e frio mantém o tempo firme na região Sul

Chuva irá se concentrar na divisa entre SP e MG durante a semana

Déficit de armazéns afeta 60% da produção agrícola no Brasil

1ª safra de feijão, avança, e já chegou a 76% no Paraná

EUA e União Europeia estudam criar leis que podem prejudicar agro brasileiro

Falta de insumos ameaça safra de grãos 21/22

Crise nos insumos: Saiba o que fazer

Crise nos insumos: Saiba o que fazer

Brasil vai plantar e colher mais feijão

PLANTA ALAGOAS: 50 MIL ALAGOANOS COMEMORAM O INÍCIO DA SAFRA

Semana começa com previsão de geada; veja onde