Notícias

A Agrodefesa e o Crea participarão fiscalizando questões pertinentes à atividades desses órgãos como o monitoramento de vazios sanitários e cadastros de produtores


A Secretaria da Fazenda em parceria com Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) realizará pela segunda vez a “operação grãos”, para coibir a sonegação fiscal na safra do feijão. As visitas nas áreas irrigadas estão previstas para ocorrem em duas etapas. A primeira será em maio/em junho e a segunda etapa em agosto/ setembro. A novidade para esse ano será a parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), que integrará as equipes de monitoramento.

 

 

De acordo com o coordenador do Agronegócio da Sefaz, Geraldo Saad, o período de monitoramento nas duas etapas coincidirá com o plantio das segunda e terceira safras de feijão. O trabalho da Sefaz envolve a verificação dos documentos referentes à compra de insumos e checagem de área para posterior verificação da documentação fiscal referente à produção obtida.

 

 

 

A Agrodefesa e o Crea participarão fiscalizando questões pertinentes à atividades desses órgãos como o monitoramento de vazios sanitários e cadastros de produtores, além do pagamento de taxas devidas. Essa parceria tem sido bem-sucedida, segundo Geraldo Saad. Ele ressaltou que “após a operação do ano passado aumentou substancialmente a emissão de documentação fiscal e o recolhimento de tributos no setor”. O coordenador destacou, ainda, que há previsão de expandir o trabalho para outros tipos de grãos.

 

 

A operação conjunta foi apresentada e discutida hoje (segunda-feira) na reunião mensal da Superintendência da Receita com representantes das 12 delegacias regionais de fiscalização do Estadoe os gerentes. Outros assuntos foram apresentados aos presentes pelas Gerências de Tecnologia da Informação, Arrecadação e Fiscalização, Representação Fazendária, Informações Econômico-Fiscais, de Auditoria de Varejo e Serviços e Assessoria de Representação no Confaz e Relações Federativas.

Fonte: Agrolink


Notícias relacionadas

*SAFRA DAS ÁGUAS PARANÁ 2019/2020*

Oeste da Bahia vai ganhar o 1° polo de irrigação do NE

AgroNordeste vai ajudar a reduzir as diferenças regionais

Oeste da Bahia vai ganhar o 1° polo de irrigação do NE

Safra das Águas - Sudoeste Paulista

O mercado foi firme até o fechamento do pregão de hoje. Mas neste momento segue susceptível de variação de acordo com a lei da oferta/demanda.

Produção de feijão vai crescer 487% na Bahia

O pós pregão de hoje, dia 09, não deu continuidade às vendas de forma satisfatória, pelo menos para o setor de vendas.

A semana encerra com ofertas reduzidas, preços estáveis e com poucas vendas realizadas, na zona cerealista

O último levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) indicou que ocorrerá um significativo aumento das ofertas do feijão carioca e outros, a partir de setembro.

Em julho, IBGE prevê alta de 5,8% na safra de 2019

Em julho, IBGE prevê alta de 5,8% na safra de 2019

Inoculantes trazem novas perspectivas para a cultura do feijão

Feijão: Produtores estão convictos com possível valorização

Brasil deve plantar mais soja e menos milho, arroz, feijão e algodão

Em 10 anos, área plantada vai aumentar no BR

Cientistas decodificam feijão mais resistente do mundo

Onda de frio chega em áreas produtoras brasileiras

Mercado na zona cerealista, segue com vendas tímidas e setores cautelosos nas negociações

Feijão: área plantada em SC vem caindo