Notícias

Preço do feijão cai em MT devido ao início da colheita e maior oferta do produto no mercado

Consumidor chegou a pagar R$ 12 no kg do feijão carioca e agora o kg chega a custar R$ 5.



O preço do feijão teve queda devido ao início da colheita do grão, em Mato Grosso. No começo do ano, o consumidor chegou a pagar R$ 12 no kg do feijão carioca, o mais consumido na região, e agora chega a custar R$ 5.

No estado, os produtores de feijão da região Oeste estão em plena colheita. Segundo os agricultores, as lavouras estão bastante produtivas e os preços são animadores. Tem fazendas produzindo mais feijão que nas safras anteriores, como é o caso da propriedade em que Daniel Henrique de Oliveira gerencia.

"Saímos de 65 toneladas no ano anterior de safrinha para 1.800 neste ano. Houve aumento significativo. Este ano, quando fechamos os contratos, se apresentou um preço bom e o custo a gente já sabia, por isso optamos por fechar essa área de feijão", disse.

 

Apesar do otimismo de alguns produtores, a produção total de feijão em Mato Grosso deve cair cerca de 8% em relação ao ano passado. A principal queda será na produção do feijão de corda. No ano passado, o estado produziu 237 mil toneladas desse tipo de feijão e neste ano a previsão é de 153 mil toneladas, uma redução de 35%.

Isso ocorreu porque muitos produtores escolheram outros cultivos na segunda safra, como o milho, o algodão e o girassol.


Fonte:  GLOBO.COM/G1

Crédito da imagem:  GLOBO.COM/G1

 

 

  

 


Notícias relacionadas

Em julho, IBGE prevê alta de 5,8% na safra de 2019

Em julho, IBGE prevê alta de 5,8% na safra de 2019

Inoculantes trazem novas perspectivas para a cultura do feijão

Feijão: Produtores estão convictos com possível valorização

Brasil deve plantar mais soja e menos milho, arroz, feijão e algodão

Em 10 anos, área plantada vai aumentar no BR

Cientistas decodificam feijão mais resistente do mundo

Onda de frio chega em áreas produtoras brasileiras

Mercado na zona cerealista, segue com vendas tímidas e setores cautelosos nas negociações

Feijão: área plantada em SC vem caindo

Falta de chuva prejudica 3ª safra de feijão da Bahia

Julho indica uma persistência maior da chuva no Paraná

Regiões com colheita de feijão crica em andamento

Safra foi afetada pelo clima No Paraná, a primeira safra de feijão 2018/19, ocupou uma área de 162.000 hectares e a produção foi de 247.000 toneladas. Já a segunda safra registrou uma área de 230.500 hectares e a produção inicialmente prevista era de

Bahia prevê crescimento de 15% na produção de algodão

Colheita do feijão segunda safra já ultrapassa 50%

Boas Perspectivas para a segunda safra. O Paraná cultivou na segunda safra de feijão 229.500 hectares e espera uma produção estimada em torno de 430.000 toneladas.

colheita do feijão atinge 12%

Colheita do feijão no PR atinge 3% da área estimada

Tempo volta a ficar seco na Região Sul